PROPOSTA PARA O TURISMO E CULTURA DOS PRESIDENCIÁVEIS 2018

Como os presidenciáveis de 2018 estão se posicionando com relação ao turismo e à cultura? Essa é uma boa pergunta que resolvemos responder. 

Como sempre falo o turismo é a indústria, não poluente, que mais cresce no mundo. A importância do turismo no mundo econômico é inegável e só aumenta a cada ano. O turismo representa 10% do PIB mundial e é responsável por 01 entre 10 empregos no mundo.

O site de informação de custos HowMuch.net divulgou um mapa, em 2017, mostrando uma relação dos países em todo o mundo, sobre quanto o turismo representa no PIB de cada um. A classificação ficou dividida em 04 tipos: Continuar lendo

CRIPTOMOEDA DA CULTURA (E TURISMO)

criptomoeda da cultura

Criptomoeda da cultura já é realidade. A CULTURAL PLACES  é a primeira plataforma holística no setor cultural que conecta visitantes, instituições, artistas, criadores de conteúdo e doadores. E logo mais terá também o crowdfunding.

O setor cultural está caminhando para uma redefinição das relações entre todas as partes interessadas. Está se criando novas oportunidades de negócios. O núcleo é a sua própria criptomoeda da cultura, ou a moeda digital cultural – baseada na tecnologia blockchain. Isso reinventa e simplifica o financiamento cultural, patrocínio e a venda de bilhetes para espetáculos e espaços culturais.

Com a plataforma Cultural Places, as instituições podem oferecer uma experiência ao visitante inovadora, única e interativa. E a plataforma se transformará em uma rede social para todos em artes e cultura.  Toda transação dentro da plataforma será feita com a moeda cultural. Esta moeda criptografada permite um programa de fidelidade exclusivo que oferece muitos benefícios a todos os participantes. Continuar lendo

EDITAL NATURA MUSICAL 2018

Neste ano, programa abre espaço para uma categoria inédita que abrange os coletivos

O programa Natura Musical seleciona novos projetos para patrocínio. O edital aposta na renovação da cena contemporânea da música brasileira e, por isso, busca apoiar trabalhos que reflitam e contestem o momento de profunda transformação no qual vivemos. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas, entre 12 e 29/6, pelo site natura.sponsor.comO anúncio dos selecionados ocorrerá até dezembro.

Acesse o regulamento aqui

Podem participar artistas e bandas de todo o Brasil, que estejam em desenvolvimento de carreira. Em 2018, a novidade do programa é abrir espaço para uma categoria inédita que abrange os coletivos. Sendo assim, selos, grupos, blocos, casas de show de pequeno porte e centros culturais podem ser eleitos pela curadoria para a produção e realização de mostras, residências e intercâmbios, por exemplo.

“Buscamos apoiar trabalhos em diversos formatos que, em comum, reverberem uma cultura de paz e celebrem a liberdade de pensamento e a diversidade”, ressalta Fernanda Paiva, gerente de Marketing Institucional da Natura. As propostas devem ter potencial criativo para inovar e conteúdo relevante para o cenário musical contemporâneo. “É importante que o projeto já tenha iniciado sua trajetória profissional de forma consistente”, completa.

Neste ano, a plataforma oferecerá R$ 4,5 milhões em patrocínio, com a combinação de recursos próprios da Natura e recursos da lei Rouanet (Nacional) e das leis estaduais (Bahia, Minas Gerais, Pará, São Paulo e Rio Grande do Sul). A curadoria do edital será feita por uma rede de especialistas formada por artistas, assessores de imprensa, jornalistas, produtores e empresários do mercado musical.

Histórico

O Natura Musical já apoiou mais de 367 projetos de 18 Estados brasileiros. Anualmente, a marca lança, em média, 30 discos, com destaques em listas de melhores do ano e premiações nacionais e internacionais, além de patrocinar shows, livros, filmes e acervos digitais. Em 13 anos, já foram investidos cerca de R$ 132 milhões em recursos.

O programa vem participando ativamente da consolidação de alguns dos mais representativos compositores e intérpretes da nova geração, como Liniker e os Caramelows, Francisco, El Hombre, Luedji Luna, Xênia França, Larissa Luz, Johnny Hooker, Filipe Catto, Felipe Cordeiro e Aíla.

Ao mesmo tempo, Natura Musical financia também projetos emblemáticos de ícones da música brasileira. Elza Soares com A Mulher do Fim do Mundo, o novo disco de Jards Macalé e a obra de Mateus Aleluia são outros exemplos.

Ficou com alguma dúvida?  (11) 5056-9832/ 33 ou edital@naturamusical.com.br.

(post divulgação via site Natura Musical)

Se você tem dúvidas sobre como fazer projetos e quer aprender mais indico a nossa plataforma de cursos online a ECOOA Cursos e que está com uma super promoção até julho. Ou nossos cursos presenciais, em São Paulo, para as férias.

Se tiver qualquer dúvida que queira partilhar comigo ou alguma sugestão ou comentário deixa aí embaixo nas mensagens.

Se gostou compartilhe pois conhecimento tem que circular. 😍

10 DICAS IMPORTANTES PARA REALIZAR OS PROJETOS

Segue aqui 10 dicas importantes que você precisa saber sobre projetos:

DICAS PROJETOS

  1. SE SEU PROJETO NÃO ESTÁ ESCRITO, NÃO TEM OS ORÇAMENTOS E CRONOGRAMAS DESENHADOS, VOCÊ NÃO TEM UM PROJETO, TEM SÓ UMA IDEIA. – Algumas pessoas têm idéias, fazem um pequeno resumo no papel, apontam as justificativas etc., mas não escrevem nada de prático. Isso não é um projeto, é uma ideia, não confunda. As perguntas que orientam para esta construção detalhada são: O que é, quanto é, para quando é, com quem é, como é e por aí vai.
  1. ESCREVA UM PROJETO PELO PROJETO E NÃO PARA UMA LEI OU EDITAL – Um projeto tem que atender a uma demanda visualizada no planejamento estratégico da pessoa, empresa ou instituição. A ação de desenhar e escrever um projeto, que custará seu tempo, deve ser alinhado com a visão geral do caminho a percorrer. Leis e editais são para viabilizar financeiramente os projetos que você sonha, que você precisa.
  1. PROJETO TEM COMEÇO, MEIO E FIM, ao contrário de uma empresa ou uma carreira que trabalhamos para que não tenha fim. Um projeto sempre tem um objetivo que, ao ser cumprido, finaliza as ações. Portanto, pensar nesse desenho é também pensar em uma boa finalização. Tem gente que faz projeto que nunca termina. Fica enrolado com prestação de contas, com finalização de fotos e vídeos etc. Isso é erro de planejamento.
  1. PROJETO TEM QUE CONTER A VERDADE, NADA MAIS DO QUE A VERDADE– Isso é muito importante para se aprender com relação aos projetos. Alguns acham que é difícil escrever, pois focam em argumentos e condicionamentos que tornam o “escrever um projeto” algo intocável. Para escrever coloque a verdade exata de como você vai fazer, o que vai precisar para construir e executar sua ação.
  1. PROJETO É UMA RECEITA DE BOLO – ao escrever um projeto escreva de forma que quem pegar o documento possa executá-lo. Ele é uma receita tem que ter todos os ingredientes e o “modo de fazer”. Para testar, dê pra alguém que não é da área ler. Se entender, maravilha, está pronto.
  1. PROJETO NÃO É TESE DE TCC – Um projeto não é uma tese para doutorado ou mestrado. Não deve ter linguagem rebuscada e deve ser de fácil compreensão. Deve ser claro, direto e prático. Somente na justificativa que é permitido dissertar sobre a importância, o contexto. Mas mesmo assim não deve ser extenso.  
  1. PLANEJE, PLANEJE, PLANEJE E DEPOIS ESCREVA – A parte mais importante na construção de um projeto é o planejamento. É nessa hora que há pesquisa de mercado, avaliação do contexto, discussão e mapeamento de riscos etc. Enquanto essa visão geral não for avaliada e processada não se deve finalizar o documento. Quanto maior a pesquisa, maior o acerto.
  1. LEIS DE INCENTIVO OU EDITAIS SÃO FÁCEIS DE ESCREVER E CADASTRAR –Nenhuma lei de incentivo ou edital é difícil de participar. Com o projeto pronto e escrito faça o que pede a lei ou edital. O que não pode é ter preguiça de ler, de buscar conhecimento. Mas, se está inseguro ou não tem tempo, sempre tem um bom produtor no mercado que pode escrever e cadastrar o projeto “com” você.
  1. CAPTAÇÃO DE RECURSOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS COMEÇA NO PLANEJAMENTO – Essa é uma parte também muito importante de saber. Na fase do planejamento é também a hora de pensar de onde virá o dinheiro e quais as possibilidade. E como esse dinheiro será gasto e como isso será comprovado. Estes dois itens bem planejados evitam muitas dores de cabeça.
  1. PROJETO É UM MEIO, NÃO É O FIM – Outra confusão que se faz e achar que ter projetos é fundamental para a sobrevivência do grupo, da entidade, do artista etc. Fundamental é saber “o que você quer ser quando crescer, além de salsicha” (risos). Fundamental é saber aonde quer chegar e criar um planejamento estratégico. Nesse planejamento poderá conter um ou mais projetos e estes devem ter relação com o que se pretende conquistar. E não o contrário.

E é isso. Espero que tenha sido útil. Gostou? Curta e comente. Mas principalmente, compartilhe “Conhecimento tem que circular”.

O PRODUTOR CULTURAL E SEU PAPEL

Produtor Cultural é o principal ator que faz com que a Cultura seja produzida, divulgada, gerenciada e muito mais. O agente cultural tem um papel importante neste trabalho.

Cultura não tem cerca e é parte uma bagagem cultural já existente de um povo mas é também a sua produção constante que faz com que ela seja viva. 

Continuar lendo

CAPTAÇÃO DE RECURSOS – 10 DICAS MATADORAS

Captação de Recursos é o principal assunto que muitos veem falar comigo. E claro, é a maior dificuldade pois sem os recursos não há como realizar os projetos e produzir os eventos. Para isso preparei 10 dicas matadoras.

captação de recursos

Já falei outras vezes sobre captação mas vale falar de novo sobre o assunto. Vejo que é um problema para as  pessoas que formatam projetos, acreditam no seu sonho mas não são proativos e abertos às novas possibilidades da captação de recursos. 

Continuar lendo

PROJETOS E EVENTOS NO MUNDO

projetos-e-eventosSobre Projetos e Eventos é importante entender como esses temas estão conectados com o mundo atual.

O Mundo está passando por uma série de mudanças devido a Globalização. Este é um fenômeno social que ocorre em escala global. Ele consiste em uma integração de caráter político, social, econômico e cultural entre os países.
A globalização “encurta” as distâncias, diminui o tempo, agrega valor e muda os processos de trabalho, relacionamento e demandas. A internet é a grande mola. É o mundo online, ao vivo, em tempo real. Continuar lendo

REAPRENDENDO A CRIATIVIDADE COM AS CRIANÇAS

84363c26ccab76f0aa2dde02fcb39cec.47d3c9d823b9ae01024bf6c0677a8354

Dizem que todos nós já temos criatividade, somos criativos. Mas que temos que exercitar isso. Então, o que podemos aprender com as crianças com relação a criatividade? Tudo. Ou, no mínimo muito.

No mês de outubro, dia 12, comemoraremos o dia das crianças. Muita gente começa a mudar suas fotos no Facebook para colocar aquelas de quando eram crianças. Pais pensam em presentes. Professores e escolas preparam suas comemorações. Enfim diversas homenagens a estes pequeninos que nos fazem mais felizes. Continuar lendo

3 PONTOS DA ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS

eventosSegue pra você 03 pontos que considero essenciais na organização de eventos. Abaixo identifiquei os pontos mais importantes que darão início e continuidade a toda projeção e organização.

🙂  –  01 – Toda organização de evento começa com a definição e avaliação do público alvo. É a partir dessa definição e análise que tudo será projetado. Material gráfico, local, formato, conteúdo, decoração, atrações culturais e recreativas, alimentação, cores etc. Continuar lendo