LEI ROUANET – NOVAS REGRAS

Uma das novas regras para projetos que buscam apoio da Lei Rouanet diz respeito à contratação de pareceristas técnicos. As novas atualizações abrangem a gestão de profissionais, a classificação e distribuição dos projetos e procedimentos de análise e emissão de pareceres técnicos. As regras foram publicadas no Diário Oficial da União desta quinta-feira (13) e serão aplicadas a partir do próximo edital de contratação, previsto para este semestre.

O novo modelo trará atualização do valor pago por cada parecer emitido. O objetivo é ter um banco com profissionais mais qualificados, que atuarão em projetos de todos os níveis de complexidade. Dessa forma, não haverá mais a separação do parecerista para atuação em apenas determinados projetos, definidos pelo nível de complexidade, como ocorre com os 319 profissionais atualmente registrados pelo Ministério da Cultura.

Cada um deles só pode analisar projetos do seu nível específico, o que pode gerar, em determinado momento, acúmulo de análise, e noutro, ociosidade do parecerista.

A análise técnica pelos pareceristas é uma das fases de análise responsável pelo processo de aprovação dos projetos apresentados ao Ministério da Cultura e, pelas definições da portaria, o trabalho se dará com nova abordagem na emissão do parecer técnico. O parecerista deverá realizar uma análise mais cuidadosa em cada um dos itens técnico-orçamentários, de forma a aprimorar a análise dos projetos antes de chegar à Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (Cnic).

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Cultura

O PRODUTOR OU AGENTE CULTURAL E SEU PAPEL

O Produtor Cultural é o principal ator que faz com que a Cultura seja produzida, divulgada, gerenciada e muito mais. Cultura não tem cerca e é parte uma bagagem cultural já existente de um povo mas é também a sua produção constante que faz com que ela seja viva. O produtor cultural ou o agente cultural tem um papel importante neste trabalho.

A área da cultura onde mais vimos a atuação desse personagem é nas Belas Artes (cinema, teatro, dança, música, artes plásticas etc) e por isso cultura muitas vezes é confundida apenas com a produção artística.

O produtor cultural tem funções variadas dentro do mundo cultural. Pode trabalhar em todas as etapas, regiões, seguimentos. Pode trabalhar com serviço, produtos ou resgate e preservação da cultura. Continuar lendo

IMPORTANCIA DOS SENTIDOS NA PRODUÇÃO DE EVENTOS

Quando pensamos na elaboração de um projeto de um evento, onde as pessoas presentes deverão ser impactadas é importante pensarmos também nos cinco sentidos. Todo aprendizado acontece através das percepções sensíveis do nosso cérebro. Olfato, tato, paladar, visão e audição.  Então preparei uma pequena descrição, e lembrança, para te ajudar a ter ideias nos seus projetos.

OLFATO – através do qual sentimos diferentes odores e este nos remete a lembranças variadas. O olfato é um dos grandes responsáveis por perpetuar memórias, boas ou más.

TATO – os nervos sensoriais da pele, nos permite sentir frio, calor, umidade, estranheza, repulsa. Com o tato podemos sentir firmeza, delicadeza, fragilidade e outras sensações no que estamos comprando, recebendo, mostrando, interagindo.

PALADAR – a língua é formada por diversas regiões sensíveis aos sabores. Amargo, doce, salgado, azedo. O paladar manda vários recados para o cérebro, seja para estimular, acalmar ou irritar.

VISÃO – os olhos são as janelas da alma. Eles são usados para nós vermos o mundo. As cores, movimentos, imagens impactam o cérebro diariamente construindo conhecimento e lembranças.

AUDIÇÃO – Todos os sons do mundo, vem aos nossos ouvidos. Desde uma suave música ao som estridente de uma buzina. Os sons, tem muitos poderes e entre eles agitar ou acalmar uma pessoa.

Esse conjunto de sentidos é o que nos faz vivos. Ao elaborar um evento pense sempre em como pode incluir ou aprimorar itens para que essa viagem pelos sentidos seja de prazer, de boas lembranças e de conforto. Faça um evento inesquecível.

Detalhes como uma boa estrutura de som para não ficar cansativo, peças e decoração bonitas e confortáveis, designer para encantar os olhos, comidas de alta qualidade ainda que simples, materiais de qualidade e condizentes com o evento. Use perfumes ou não deixe que odores ruins se propaguem. Como sempre digo “o diabo mora nos detalhes”. Faça sua lição de casa e use a inteligência para criar projetos e eventos espetaculares e inesquecíveis. Simplesmente encante seu público pelos sentidos.

Gostou? Curta, comente, envie seus comentários e dicas. Mas principalmente compartilhe, CONHECIMENTO TEM QUE CIRCULAR. 😉